• Arildo Martins

Aula 3 - Métodos de Esboço e Traços para Desenho Realista

Atualizado: 13 de Mar de 2018


O esboço é sem dúvida uma etapa muito importante para se fazer um bom trabalho, pois quanto melhor e mais detalhado for seu esboço, melhor será o resultado final. Neste tutorial vou mostrar para você os métodos e técnicas de esboço e traço para desenho realista mais usados pelos artistas. Mas qual a diferença entre esboço e traços para desenhos realistas? Bom, o esboço é um método mais livre em que você o usará geralmente para fazer desenhos artísticos a olho, como uma paisagem ao ar livre por exemplo, ou alguém posando para você ou para criar seus próprios desenhos. No esboço você poderá fazer várias linhas e escolher as corretas apagando as que não estão certas e nunca ficará totalmente igual a sua referência sendo pouco favorável para se fazer um desenho realista, mas importantíssimo para desenvolver e acionar o lado direito do cérebro. Já no traço para desenho realista você poderá usar ferramentas para traçar seus desenhos, como o decalque, o grid (quadriculado) e a mesa de luz. Daí você pode me perguntar. Isso não é trapaça? Eu não estarei simplesmente copiando? Não, pois esta etapa são apenas os traços e independente da maneira que você vai escolher para fazer seus desenhos, seja um esboço ou traço para desenho, você deve escolher o método que você gasta menos tempo, pois, apesar de importante, esta etapa não deve ser cansativa para aproveitar o tempo no que realmente interessa que no sombreamento, passagens de tons e a textura, que são o que realmente dão vida ao desenho os deixando realistas. Portanto, não interessa a maneira que você vai escolher para fazer seu desenho e sim o talento que você vai desenvolver no decorrer destes tutoriais na arte do sombreamento e passagens de tons ou em outras palavras, a sua percepção, o modo correto de ver. Então vamos falar um pouco sobre cada método.

Esboço a olho

Você nunca deve começar o seu esboço pela parte de dentro da imagem. Se for um rosto, por exemplo, é um erro grave começar pelo nariz, olho, boca ou pelos detalhes. O esboço deve ser trabalhado de fora para dentro. Importante: A imagem deve ter o mesmo tamanho ou a mesma proporção do papel em que você for desenhar. Use um lápis macio, um HB já está de bom tamanho. O esboço deve ser feito com linhas leves porque se forem feitas com linhas fortes, elas marcarão o papel, e num desenho realista você não poderá deixar linhas aparentes. Procure se concentrar somente nas linhas e não no todo. No caso de um rosto, por exemplo, procure não nomear as partes, como olho, nariz, boca. Simplesmente esqueça que é um rosto e concentre-se somente nas linhas. Mantenha-se a uma certa distância e segure o lápis com leveza e da metade para trás. Apesar de ser um esboço a olho, no início você pode usar algumas ferramentas para facilitar seu trabalho como um visor e um plano de imagem. Veja como fazê-los e como usá-los no vídeo abaixo.


Traços Para Desenho Realista

DECALQUE

Materiais: Uma folha de papel sulfite; o papel em que você irá fazer o esboço, não esquecendo que se for para fazer um desenho realista recomendo que seja a partir de 180 g/m² como já expliquei no tutorial sobre papéis; a referência( fotografia ou uma imagem impressa); um lápis 4B; um lápis H ou HB; Um pedaço de papel higiênico ou lenço de papel. Preencha um lado da folha de papel sulfite usando o lápis 4B e depois passe o papel higiênico suavemente para suavizar e retirar o excesso de grafite. Coloque o papel sulfite sobre o papel em que você vai desenhar com o lado preenchido para baixo, como um carbono, e coloque a imagem por cima do sulfite. (o sulfite ficará entre a imagem e o papel no qual você desenhará). Agora é só riscar por cima da imagem com o lápis H ou HB bem apontado não esquecendo de nenhum detalhe, inclusive a marcação das sombras que você visualizar, pois esta etapa já faz parte do seu desenho em si, por isso, quanto mais detalhado seu traço, mais facilidade você terá para fazer o sombreamento. Assista o passo a passo no vídeo abaixo:

Mesa de Luz

Muitos acham que usar a mesa de luz é trapaça, no entanto este equipamento simplesmente nos auxilia na exatidão dos contornos, mas de maneira nenhuma elimina o toque artístico pessoal. A mesa de luz simplesmente torna o trabalho de se traçar um desenho mais rápido, para você poder assim gastar seu tempo no que realmente importa, que é no sombreamento, nas texturas nas luzes que é o que vai dar vida ao seu desenho e deixá-lo realista. Se você não desenvolver sua percepção, não aprender a ver as sombras, não aprender as técnicas de textura, de nada adiantará a mesa de luz, pois apenas os traços ficarão perfeitos, no entanto seu desenho ficará sem vida. Claro, você não deve apenas traçar por traçar, é muito importante que enquanto você estiver traçando seu desenho, que você também faça uma leitura do mesmo, como ir percebendo as distâncias das partes do rosto, como de um olho para outro, do nariz para a boca, a altura das orelhas, as proporções das partes. Fazendo isso, quando você menos perceber, já estará desenhando sem o auxílio de ferramentas. Existem vários tipos de mesa de luz, e vários preços também que na verdade são sempre salgados, por isso no vídeo abaixo mostro alternativas que você não vai tirar um tostão do bolso: Pra terminar deixo uma dica. Use e abuse destas ferramentas, mas sempre fazendo a leitura da imagem e procure, entre um desenho e outro, tentar esboçar um desenho a olho, pois este exercício o ajudará no desenvolvimento da sua percepção que é necessária na hora de sombrear e texturizar. Assista o vídeo abaixo:


Não esqueça de deixar suas dúvidas, sugestões e comentários sobre este tutorial para deixarmos este blog cada vez mais interessante para você.















1 comentário

O que você quer ver neste site?

Ajude a deixar este site melhor para você. Escreva abaixo sugestões de vídeo aulas e dúvidas sobre os vídeos que você assistiu.

 
 
G
M
T
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Text-to-speech function is limited to 200 characters
 
[removed]
 
Options : History : Feedback : Donate Close